ESPORTE

Palestra avalia oportunidades de participação de universitários em organização de evento do COB

Foto: divulgação/DEA/DAC

Estudantes da Universidade de Brasília têm a oportunidade de fazer parte dos Jogos Escolares da Juventude, competição apontada pelo Comitê Olímpico do Brasil como o principal celeiro de atletas olímpicos do país. A segunda fase dos jogos, que reúne atletas de 15 a 17 anos, vai ser realizada no Distrito Federal a partir de 16 de novembro. As possibilidades de voluntariado no evento serão tema de palestra agendada para esta quinta-feira (17), às 14h30, no auditório da Faculdade de Educação Física (FEF).

 

A gerente de atividades complementares do COB, Paula Hernandez, é a palestrante convidada pelo Laboratório de Pesquisa sobre Gestão do Esporte (Gesporte), vinculado à FEF. Ela vai apresentar as oportunidades nos jogos e dialogar com a plateia. A participação é gratuita e as inscrições podem ser feitas pela internet.  O público-alvo inclui graduandos em Educação Física, Fisioterapia, Nutrição, Enfermagem, Comunicação Social, Marketing e Turismo.

 

O diálogo sobre os jogos escolares faz parte de um ciclo de palestras técnicas que está na 26ª edição. Organizado desde 2010, o evento do Gesporte já recebeu nomes como o campeão pan-americano de natação Luiz Lima e a medalhista olímpica no vôlei Leila Barros, além de gestores, treinadores e pesquisadores do esporte.

 

HORAS COMPLEMENTARES – Para o professor da FEF e líder do Gesporte, Paulo Henrique Azevêdo, a palestra é importante para qualificar e agregar mais conteúdo à formação dos estudantes. Ele destaca a importância do voluntariado em grandes eventos esportivos. “É sempre uma oportunidade fantástica e um momento de contribuir para o desenvolvimento do esporte”, avalia.

 

Os participantes da palestra receberão certificados. Além disso, informa o professor, os futuros voluntários conseguirão a comprovação de horas complementares, que são requisitos para a conclusão de seus cursos.

 

A COMPETIÇÃO – Os Jogos Escolares da Juventude vão reunir milhares de atletas em 14 modalidades: atletismo, badminton, basquete, ciclismo, futsal, ginástica rítmica, handebol, judô, luta olímpica, natação, tênis de mesa, vôlei, vôlei de praia e xadrez. Antes de Brasília, sede pela terceira vez, Curitiba será a capital do esporte escolar. A edição da cidade paranaense receberá atletas-estudantes de 12 a 14 anos em setembro.

 

As seletivas, segundo COB, contaram com mais de dois milhões de jovens de escolas públicas e particulares. O comitê reforça a importância da competição com a lembrança de que, em 2016, dos 465 atletas da delegação brasileira nos Jogos Olímpicos Rio, 52 haviam disputado jogos escolares.

 

SERVIÇO

Palestra:Jogos Escolares da Juventude: como participar do maior evento estudantil esportivo do Brasil

Local: auditório da Faculdade de Educação Física

Data: 17/08, às 14h30

Participantes receberão certificados.

Inscrições e informações aqui.

ATENÇÃO – As informações, as fotos e os textos podem ser usados e reproduzidos, integral ou parcialmente, desde que a fonte seja devidamente citada e que não haja alteração de sentido em seus conteúdos. Crédito para textos: nome do repórter/Secom UnB ou Secom UnB. Crédito para fotos: nome do fotógrafo/Secom UnB.